quinta-feira, 20 de março de 2008

Outono em minha vida...

Estou deixando cair algumas folhas,
para que folhas novas possam nascer.
Folhas de mágoas, folhas de decepções,
folhas de angústias passadas, folhas de falsas amizades,
folhas de falsos amores, folhas de pensamentos obscuros,
folhas de falta de amor.
Estão caindo,
e transmutando em meus pés,
tornando–se adubo em minhas raízes ,
fortificando minha estrutura,
me fazendo crescer ainda mais,
deixando meus galhos ainda mais fortes
e me transformando em uma grandiosa arvore florida
para a primavera da minha vida.
Enquanto o vento e a brisa carregam as folhas amarelas e velhas,
sinto nascer pequenas gotas de luz ,
que aos poucos vão tomando conta de toda minha copa
e me inundando de folhas novas.
Nasce então folhas de amor,
nasce folhas de amizade,
nasce folhas de sucesso,
nasce folhas de carinhos e ternuras,
nasce folhas de compreensão e entendimento,
nasce folhas de pessoas queridas,
nasce sonhos para uma nova vida.
O ciclo de outono chega ao fim,
me preparo no inverno ,
para depois florir.
As estações da minha vida,
são ciclos com começo e fim.
Nada fica inacabado, tudo fica resolvido,
para que eu tenha a chance de novos começos enfim.
Deixo o outono passar e levar o que é inútil,
permito que o inverno esfrie meus pensamentos e
me prepare para a beleza do florescer da primavera
que então degustará do calor do verão,
aquecendo meu coração
e inundando minha vida de raios de sol em forma de pessoas lindas.
Assim são minhas estações...
Assim são minhas emoções...
Assim será infinitamente minha forma de viver e amar,
dentro do que posso chamar Minha Vida!

(Paula K.)

Fonte: http://soltosaovento.zip.net/

7 comentários:

Pedro disse...

Meu anjo.,
Por isso acreditamos em uma forca maior, Divina e Criadora, que do alto de toda sua sapiencia, nos criou.
Assim como criou esse paraiso chamado "terra".
Nao poderiamos deixar de ser diferentes, pois do barro viemos.
O mesmo barro de onde brotam as arvores, com suas folhas e frutos.
Somos parte da mesma natureza e assim sendo, seguimos e repetimos os mesmos ciclos.
Enfim nao acabamos., nao morremos.
Mas sim, brotamos e renascemos.
So' temos uma diferenca da natureza que nos cerca e envolve:
Enquanto ela por si so' se abastece.,
No's nos abastecemos de nossos sentimentos.,
"DO AMOR QUE TEMOS".

Beijos meu anjo...............

nile santos disse...

Oi amiga.Lindo poema.Um feliz dia de páscoa para voce.bjitos.nile.

Kátia Moreira disse...

Nada é Permanente
Se ao meio dia a rosa perdeu a sua beleza do amanhecer, aquela beleza que possuía era verdadeira. Nada no mundo é permanente e somos tolos quando pedimos que algo dure para sempre. Mas, certamente somos ainda mais tolos quando não o desfrutamos enquanto permanece.Te desejo uma semana muito feliz!
Bjs Kátia Moreira

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá amiga!
vim desejar-te um fantastico fds!
fica beme muitos bjinhos! :)))

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá linda!

❤ bjinhos e bom fds ❤

glaucia disse...

estou quase terminando de colocar ,minhas visitas em dia.não poderia deixar de passar por aqui e te deixar um abraço

APO (Bem-Trapilho) disse...

Oi Wania! desculpa a demora em responder.
quero-te agradecer a visita e deixar-te um grande bjinho! :)