quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Estola do Advento 2011 - Tricoteiras.com


Uma ideia muito legal sendo lançada agora aqui no Brasil pelo site Tricoteiras.com e com apoio da Aslan Trends.
Este projeto consiste em tricotar nos 24 dias que antecedem o natal, uma estola criada por Valesca Fortunato. Várias pessoas tricotam junto, um pouquinho por dia, conforme a receita vai sendo liberada no decorrer desse período.
Quer saber mais? Quer saber o porquê do nome Estola do Advento? Mate sua curiosidade lá no Tricoteiras
Eu vou participar!!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

As mantas da Rosinha

Mantas da Rosinha 2011
Rosinha era uma amiga do grupo de tricô que participo, o Crazy, que nos deixou de forma repentina ano passado. Não cheguei a conhecê-la pessoalmente mas era uma pessoa muito querida por todos, inclusive por aqueles (como eu) que a conheciam só virtualmente através do grupo. Era tão querida que surgiu a idéia de fazer uma homenagem a ela em forma de encontros solidários onde as participantes dedicam algumas horas do seu tempo para juntar quadradinhos feitos de tricô ou crochê, vindos de todo o Brasil e também de outros países, e formar mantas para serem doadas aos idosos que moram em asilos.

Uma das técnicas de enfermagem que cuidam da minha mãe abraçou a idéia e está mandando ver na agulha de crochê fazendo quadradinhos. Vejam a produção até agora. Semana que vem vamos juntar tudo pra mandar para as meninas.

Quadradinhos da Rosinha 2011

Estou um pouco atrasada na divulgação porque precisei (mais uma vez) ficar distante do grupo e daqui do blog por um tempinho, mas ainda dá tempo. 
O encontro será no dia 05/11 e se você estiver interessado veja no site das Tricoteiras como contribuir. 
Aproveite e faça uma visitinha aos blogues Saco dos Bebês da Veralu e Maré de Amor para conhecer o trabalho solidário permanente e maravilhoso que a Veralu e a Alina realizam.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Xalinho 28 pontas

Xalinho 28 pontas

Material
Fio: Magic Fog - Aslan - 100g ≅ 380m
Quantidade: 1 novelo
Cor: 1314
Agulha de crochê nº 4

Abreviações:
carr = carreira
corr = correntinha
pb = ponto baixo
pa = ponto alto
2cv = 2 corr para voltar

Ponto leque:
2pa, 2 corr, 2pa ou 3pa, 3 corr, 3pa

Fazer 90 pb de base + 2cv ou 90 corr + 2cv
1ª carr = 1 pa em cada um dos ptos da base/ 2cv
2ª carr = 1 pa/ *2 pa no pa seguinte/ 1 pa/ 1 pa*/ 2cv
3ª carr = 1 pa em cada pa da carr anterior/ 2cv
4ª carr = 4 pa/ *2 pa no pa seguinte/ 5 pa*/ 
            terminar com 2 pa no pa seguinte/ 1 pa/ 1 pa/ 2cv
5ª carr = 1 pa em cada pa da carr anterior/ 2cv
6ª carr = 1 pa/ pular 1 pa/ *no pa seguinte: 2 pa, 2 corr, 2 pa/ pular 1 pa/ 1 pa/ 1 pa*/ 2cv
7ª carr = 1 pa/ *no espaço do leque formado na carr anterior: 3 pa, 3 corr, 3 pa/ 
             1 pa/ 1 pa*/ 2cv
8ª a 12ª carr = repetir a 7ª carr
13ª carr = 1 pa/ *3 corr/ no espaço do leque formado na carr anterior: 3 pa, 3 corr, 3 pa/
              3 corr/ 1 pa/ 1pa*/ 2cv
14ª a 17ª carr = repetir a 13ª carr
Arrematar.

Tentei dar uma blocada nele com secador de cabelo, seguindo uma dica da Grace. Como nunca bloquei nada antes não sei se deu certo. Só sei que o xale não ficou achatado, os pontos apareceram um pouco mais e o ondulado está mais suave.

Observação: não me perguntem porque fiz uma carreira de ponto leque com 2 pa, 2 corr, 2 pa. Fiz esse xalinho um pouquinho a cada noite antes de dormir e não marquei nada, sendo assim algumas carreiras devo ter feito já meio dormindo rsrs. Montei a receita só depois de pronto, contando ponto a ponto e foi aí que descobri essa carreira isolada.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Últimas compras

Por que mesmo tendo muuuitos novelos de lã (ou linha) sempre que pensamos um novo projeto nunca é com o fio que já temos? Ou ainda, por que será que toda vez que nos encantamos com um novo fio (mesmo que o novo seja apenas aos nossos olhos porque o produto já está no mercado há algum tempo) somos compulsivamente induzidas (os) a comprá-lo mesmo não tendo nenhum projeto em vista? Pois é...a resposta eu não sei, mas o resultado das minhas aquisições nos últimos três meses é este:
Últimas compras
Pelo menos desta vez alguns têm destino certo (ou quase, rsrs). O Sensação, blusa para o meu pai (já comecei); o Harmonia (sugestão da Grace), manta para minha mãe; o Delicatessen, colete para meu irmão; os Super Bebê, acessórios para a Sheyde e para o Max (meus cães); o maravilhoso Magic Fog (mesclado), ainda não sei;  o Emília e o Flash são para mim (o Emília, ainda não sei - o Flash, uma blusa que também já comecei); os Elegance, golas (acho...pode ser que mude de idéia).  
Agora é sebo nas agulhas porque fio é o que não falta.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Indique sempre a sua fonte de inspiração

Com muita freqüência (ainda não consigo escrever sem trema) tem ocorrido a usurpação de direitos e idéias de tricoteiras (os) e crocheteiras (os) no mundo virtual e fora dele.
Aconteceu recentemente com uma amiga muito querida dos grupos que participo. Pessoa culta, inteligente, criativa e de uma bondade sem limites na medida em que, totalmente desprovida da vaidade que certamente massagearia o ego de alguns com apenas uma ou nenhuma dessas qualidades, se dispõe a compartilhar suas criações, suas idéias e a ensinar o que sabe.
Um processo de criação demora horas, dias, meses e, não raro, até anos. Não é justo que depois de tanto tempo, trabalho e dedicação despendidos na elaboração de um projeto até deixá-lo exatamente como se quer, venha alguém e dele se aproprie como se fosse seu criador. Tomar algo de outrem e usá-lo como sendo nosso é, no mínimo, inaceitável. Sem falar nas conseqüências legais que não vou enumerar porque esse não é o foco desta postagem. 
Copiar é fácil e muitas vezes permitido, mas copiar e não citar a fonte é falta de respeito e de educação. 
Exercitar a criatividade e lançar uma idéia diferente pode ser difícil mas não é impossível e, ainda que não seja do agrado da maioria, denota atividade pensante, capacidade, vontade e coragem de inovar. 
Vamos criar, executar e mostrar trabalhos bonitos. 
Vamos sempre divulgar a autoria e/ou o local onde foi publicada uma receita que executamos por achá-la interessante. 
Vamos colocar em prática novas idéias e se elas surgirem a partir do trabalho de outra pessoa vamos nos lembrar disso ao publicá-la indicando sempre a fonte de inspiração. 
Vamos enaltecer o trabalho dos outros ao invés de trazermos para nós, injustamente, os louros da glória.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Esquenta pescoço (neck warmer)

Depois de fazer o Leaving on the Edge Cowl me empolguei. 
Fiz este outro esquenta pescoço e já tenho vários outros fervilhando nas idéias e na minha lista de espera formada pelos que encontrei nos passeios pelo Ravelry.

Esquenta pescoço - 16

Material:

Lã Sedificada: 100 gr na cor 703
Agulha circular de tricô nº 10 (pode-se também usar a agulha reta)
2 botões grandes

Usando fio duplo, montar 20 pontos na agulha + 2 de borda (total 22 ptos) e seguir tricotando em carreiras de ida e volta da seguinte maneira:

1ª carreira: 1 psf-m/*passando a agulha por trás do 1º pto, tricotar o 2º em m sem deixá-lo cair da agulha esquerda; em seguida, tricotar o 1º pto em m pegando pela frente. Deixar os 2 pts cairem da agulha esquerda* / 1m.

2ª carreira: 1psf-m /1 t / *nos 2 pts seguintes, tricotar o 2º em t sem deixá-lo cair da agulha esquerda; em seguida, tricotar o 1º em t. Deixar os 2 pts cairem da agulha esquerda* / 1t / 1m.

Pregar os botões como na foto e pronto!!!!

Observação:- os botões não fecham a peça são apenas enfeites e, portanto, podem ser colocados conforme o gosto de cada um.

Abreviações:
pto = ponto
m = meia
t = tricô
1psf-m = 1 ponto sem fazer em meia

Leaving on the Edge Cowl


Sempre uso e faço o que gosto quando tenho vontade independente de estar na moda ou não e é justamente por isso que só agora, depois de muito tempo vendo golinhas ou esquenta pescoços por todo lado, resolvi fazer uma que realmente me encantou...a Leaving on the Edge Cowl da Rose Anne.
É uma delícia de tecer e rapidinho fica pronta. Pode-se ter acesso à receita através do Ravelry e também do This is Knit nunca se esquecendo de, em caso de publicação, colocar os respectivos links em respeito à autora do modelo.
Usei agulha 5,5mm e o fio Elegance.
Eis o resultado. Gostei.

DSC00014

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mocassim de crochê

Mocassins em crochê

Este modelinho de mocassim fiz ainda em 2008 para minha mãe. Usei lã Flash e Flash Colour, mas a agulha não lembro...talvez a nº 4.
Na época fui anotando carreira por carreira e as alterações necessárias para que saísse exatamente como eu queria.
Passado muito tempo, revendo arquivos gravados em CD ainda e no Flickr, encontrei a foto mas infelizmente a receitinha que estava em andamento no computador se foi com o problema que tive com a placa mãe na época. Agora, só mesmo tentando decifrar a rabisqueira que fiz anteriormente no caderno para poder colocar tim tim por tim tim como foi feito. Mas não tem segredo, no "olhômetro" dá para fazer tranquilamente porque é muito fácil.
Em suma: base oval com 4 carreiras de p.a, lateral com 2 de p.a e 1 de m.p.a (esta, a mesclada) e um círculo começado com uma florzinha e preso nas laterais e na frente com ponto caranguejo, ponto este usado também em toda a borda da parte aberta do mocassim. Perolazinha no centro da florzinha para dar um toque mais delicado.
Fica então a idéia para o inverno deste ano. Sebo nas agulhas!!!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Presentes e mais presentes

Como é bom ganhar presentes!!!!
Semana passada ganhei do Pedro, meu correspondente de Nova Iorque (rsrsrs), 4 novelos de lã para meias (Sock-Ease da Lion Brand Yarn) de cores maravilhosas, 3 pares de agulhas circulares Clover de bambu (4, 5 e 6,5 mm), 1 par Hiya Hiya de metal (2,75 mm) e um chiquerrimo contador de carreiras com cortador de fios. Ele mandou tambem o catálogo da LB que tem coisas lindíssimas e ótimas idéias. Ai, ai...to que não me aguento de tanta alegria com os brinquedinhos novos, hehehe.
Presentes 2
Ano passado foram um par de agulhas circulares Addi (5,5 mm), um cortador de fios lindão e um "fazedor" de rabinho de rato, técnica também conhecida como French Knitter. Ganhei ainda uma maquininha que faz "de um tudo" fura, lixa, esculpe....utilíssima!!!
Estou ficando é muito mal acostumada com tantos mimos.

Presentes 1
DSC00020

domingo, 23 de janeiro de 2011

Tapete de quadradinhos

Já deu para perceber que cor apagadinha não é comigo né? 
Adoro um contraste.

Tapetinho de quadradinhos

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Bolsinha customizada

Essa bolsinha ganhei de brinde de uma ótica onde levei meus óculos para consertar há muito, mas muito tempo atrás. Tinha um logotipo em branco que com o tempo foi desaparecendo.
Ela é muito jeitosa e por isso uso para guardar agulhas de crochê, tesourinha e agulhas de bordado/tapeçaria que preciso ter sempre à mão. 
Depois de tanto tempo me "servindo", como o tecido ainda está ótimo, resolvi dar um coloridinho a ela. A solução esse foi esse bordadinho simples mas que cumpriu bem a sua função. Está certo que o sol saiu meio esquisito - siiiiim, "aquilo" é um sol, rsrsrs - mas tá valendo, rsrs. Gostei do resultado.

Bolsinha customizada

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Tricozão com trapilho

  TRICOZÃO - trapilhoTRAPILHO
Munida de um cabo de vassoura que transformei em duas agulhas retas de tricô, fiz essa capa com trapilho que seria para uma  poltroninha de quarto. Depois de pronta - em tamanho um pouco menhor que o esperado porque acabaram os fios - puxa, estica, segura, escapa e ... não deu ... Acabou ficando no armário a espera de uma "luz" sobre o que fazer com ela: desmanchar e começar outro projeto ou aproveitá-la para outra coisa, sabe-se lá o que...
Eis que um dia, sentada no sofá batendo um papinho, olho para o puf, para a estante, para o próprio sofá e ... opa! - A capa vai cair muito bem aqui na sala. E não é que caiu mesmo? 
A princípio queria prende-la em toda a volta, mas como os fios são grossos precisaria de percevejos grandes. Resultado: antes mesmo de providenciá-los resolvi colocar a capa para ver como ficaria e assim está até agora, rsrs.
Não preciso nem dizer que todo o processo foi acompanhado atentamente pela Sheyde, minha doce, fiel e serelepe cadelinha.

DSC00009  DSC00012  DSC00017